Poderia um cometa atingir Marte em 2014?

 



Um cometa descoberto recentemente fará um sobrevoo rasante perto do planeta no próximo ano - mas desta vez não é a Terra que está na mira desse corpo cósmico.



De acordo com os modelos de previsões
preliminares orbitais, o cometa C/2013 A1 irá passar de raspão sobre Marte em 19 de outubro de 2014. O intruso gelado pode ter sua origem na Nuvem de Oort - uma hipotética região que cerca o sistema solar contendo incontáveis ​​bilhões de núcleos de cometas que foram marginalizados do sistema solar primordiais a bilhões de anos atrás.

Nós sabemos que os planetas foram atingidos por cometas antes do cometa Shoemaker  Levy 9 que caiu em Júpiter em 1994. Mas Marte em particular já foi sido atingido por cometas no passado. 


Acredita-se que os oceanos da Terra foram criadas por água entregue por cometas - os impactos de cometas são uma parte inevitável da vida nesse ecossistema cósmico.

O cometa C/2013 A1 foi descoberto em 3 de janeiro por Robert McNaught que no Observatório Siding Spring, em Nova Gales do Sul, Austrália, . Quando a descoberta foi feita, astrônomos da Catalina Sky Survey, no Arizona conseguiram " imagens do cometa que datam de 8 de dezembro de 2012. Estas observações colocaram a trajetória orbital do cometa C/2013 A1 a órbita de Marte em 19 de outubro de 2014.

Será que o planeta vermelho estar em um impacto potencialmente enorme no próximo ano? 


Será que o Curiosity  e Opportunity estão em perigo de se tornar sucata?

Parece que a probabilidade de um impacto incrível sob esse planeta é baixa - por enquanto.Segundo cálculos da
Jet Propulsion Laboratory da NASA (JPL), os dados de abordagem aproximados sugerem que o cometa fará uma passagem mais provável próxima de 0,0007 UA (que é aproximadamente 63.000 km da superfície de Marte). No entanto, há uma ressalva enorme.

Devido às incertezas nas observações - o cometa só foi observado por 74 dias (até agora), por isso é difícil para os astrônomos a previsão da localização precisa do cometa dentro de 20 meses - o cometa C/2013 A1 pode voar passando a uma distância muito segura de 0,008 UA (650.000 milhas). Mas para o outro extremo, a sua passagem orbital próxima a Marte poderia colocá-lo diretamente em seu caminho. No momento da abordagem próxima a Marte (ou de impacto), o cometa passará a uma velocidade vertiginosa de 35 quilômetros por segundo (126,000 milhas por hora).


Além disso, nós ainda não sabemos quão grande o cometa C/2013 A1 é, mas normalmente os cometas não são pequenos. Se ele atingisse o planeta, o impacto poderia ser um evento enorme, de efeito global. Mas a localização provável do cometa em 2014 também é altamente incerta, por isso  não significa uma "coisa certa"  de que ocorrerá o impacto sobre Marte (Curiosity, você pode relaxar, por enquanto).


Uma coisa é olhar provável, no entanto. Marte poderia presenciar algo espetacular.


Um sobrevôo do C3/2013 A1 com a erupção com uma cauda e coma em torno de seu núcleo (que se torna aquecido pela radiação solar), o Mars Rovers e os satélites de observação planetária terão uma visão muito íntima deste momento histórico.


 Ele tem o potencial de ser uma visão mais impressionante do interior do sistema solar. Mas entender a natureza dos cometas é difícil de prever; nós não sabemos se o aquecimento do sol será suficiente para o núcleo do cometa entrar em erupção e começar a gaseificação por algum tempo para ser visto.

Fontes: JPL, Astroblog, Astronomia LOC via Reddit

( via news.discovery.com ) e Disclose.tv
Imagem: wikipedia

 LEIA MAIS:
Mancha no céu do Rio de Janeiro
Meteoro cai na Rússia
Mundo inteiro sob vigilância total
Share this article :
 
Reações: 

Postar um comentário

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Diversão, informação e muito mais... - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger