Imagens de Divulgação – 47 Ronin

472


47 RONIN

Pra quem não sabe, Keanu Reaves faz parte do elenco de mais uma versão do famoso 47 Rounin, história que possui várias adaptações no Japão.
 Também conhecido no português como a Lenda dos 47 Samurais, ou nomes similares, essa é com certeza uma das principais histórias japonesas.

Depois de seu Damyou (Senhor Feudal) ser obrigado a cometer o seppuku (aquele ritual suicida também conhecido como Harakiri, em que o indivíduo cortava a própria barriga, para se redimir de seus erros, limpar a própria honra, etc) por desonrar uma pessoa do governo, 47 samurais acabam virando Rounin (os samurais sem senhor).

Leais ao seu senhor, esses 47 rounin elaboram um plano para se vingar de Kira Yoshinaka (o funcionário do governo), e depois de meses planejando sua morte, alcançam sua vingança e se oferecem à justiça e são condenados à morte pelo seppuku. A história é famosa no Japão pela sua demonstração de lealdade e honra.

Eu particularmente, não sou fã de filmes em que vemos estrangeiros inseridos em ambientações históricas tão famosas. Tivemos o último Samurai, que não é realmente um acontecimento histórico e ainda assim é um filme ou odiado demais ou amado demais.

Quem odeia, geralmente fala que o filme ficou sem sentido, que tira a honra e o poder dos Samurais ao colocar um estrangeiro como seu último aliado, que ficou ridículo porque não respeita muitos aspectos do ambiente Samurai. Bom, pra mim o filme nem fede, nem cheira.

 Não o amo, mas também não o odeio. Oras, ele cumpriu seu papel de blockbuster. E até que é uma história bonita em que o inimigo percebe que nem sempre ele está buscando o certo e vê a corrupção de sua própria raça e etc etc etc.

O Cruise até se esforçou legal pra fazê-lo e o filme ficou realmente bem feito. Sem contar suas várias premiações. Acho que quem odeia pelos variados motivos que apresentam estão em seu direito, mas ao meu ver são sempre um pouco exagerados.

Agora, voltando aos 47 Rounin, eu já acho uma situação diferente. A história é uma lenda e tanto no japão. E a maioria das adaptações por lá tentam sempre ser bastante fiéis.

Nesta versão 2013 teremos o Reaves como um mestiço, de japonês e britânico, chamado Kai, que é o mais incomodado entre os Samurais com a morte de seu mestre.

 Mas ele passa a ser questionado sobre seus interesse quando se apaixona por Mika, a filha de seu mestre morto. De qualquer forma, o principal é mantido: eles querem a vingança contra Kira e irão atrás dela. Já Kai, além de ter que lutar contra o inimigo precisa lidar com seu amor impossível.

De qualquer forma, ainda que na primeira olhada a gente sinta algo estranho ou similar com outras situações, o filme teve uma verba razoável e já foi adiado várias vezes devido à produção (3D). De 2012, já pulou para o final de 2013… Sei que devo segurar minha língua até realmente ver o filme, mas ah, eu to cismada.

Mas de qualquer forma, chegando aos finalmente temos pelo menos os posteres para ter uma noção de ambientação e personagens. Ao longo do ano com certeza teremos nossas doses de trailers pra acompanhar e eu então poderei esquecer a cisma ou simplesmente alimentá-la.

 Mas já sei de gente que espera ansioso pra assistir e não tem uma visão tão pessimista e chatinha como a minha.

471 472 473 474 475 476 477 478

Fonte: Japan Now
anime
Share this article :
 
Reações: 

Postar um comentário

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Diversão, informação e muito mais... - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger