Documentos do FBI sobre Marilyn Monroe são publicados sem censura

Marilyn Monroe, FBI
EPA

O Departamento Federal de Investigações (FBI) dos Estados Unidos durante vários anos monitorou a atriz Marilyn Monroe, suspeitando-a de ter ligações com adeptos da ideologia comunista.

Todos os materiais recolhidos sobre a atriz, pela primeira vez, foram publicados sem censura.
A maioria dos documentos foi dedicada à viagem de Monroe à cidade do México em 1962, durante a qual ela foi acompanhada por Frederick Vanderbilt Field. Ele veio de uma família rica, mas foi retirado da lista dos herdeiros devido a seus pontos de vista de esquerda.
Contrariando as expectativas, os documentos não revelam novos fatos sobre a morte misteriosa de Marilyn Monroe.

 Fonte:  Voz da Rússia
Share this article :
 
Reações: 

Postar um comentário

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Diversão, informação e muito mais... - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger